segunda-feira, 2 de julho de 2012

Das verdades

  É fácil amar o outro na mesa de bar, quando o papo é leve, o riso é farto, e o chope é gelado. É fácil amar o outro nas férias de verão, no churrasco de domingo, nas festas agendadas no calendário, quando se vê de vez em quando. 
  Difícil é amar quando o outro desaba. Quando não acredita em mais nada. E entende tudo errado. E paralisa. E perde o charme. O prazo. A identidade. A coerência. O rebolado. Nessas horas é que se vê o verdadeiro amor, aquele que é companheiro, que quer o bem acima de qualquer coisa. 
  E é esse o amor que dura para sempre. Na verdade, este é o único que pode ser chamado de AMOR!

É no dia a dia que aprendemos o verdadeiro significado do AMOR!!! 

Amor meu reclamando que não tenho postado!
A vida anda tão corrida... prometo que estarei mais presente!
Beijos, amigos lindos.
Beijos, amore, esposo, amigo e tudo que eu tenho direito ^^ Amo vc!!!

4 comentários:

  1. =)
    Adorei esse texto meu amor!!! Muito verdadeiro!!!

    Seus posts fazem falta! Não pode ficar mito tempo sem postar!!!

    Amo você minha linda! MUITO!!!!!
    =)

    ResponderExcluir